sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias

Tenho um especial interesse em filmes de baixo orçamento que alcançam grandes resultados artísticos e/ou comerciais.
É o caso desta modesta produção que foi a vencedora da Palma de Ouro do ano passado em Cannes.
Um filme romeno, difícil, poucos vão gostar...seja pela sua estética não-convencional, seja pelo peso realista de uma história que vai do comportamento amoral de alguns personagens a situações que esbarram no escatológico, passam do limite do ultrajante...
O filme mostra como era complicada a vida na Romênia comunista em 1987.
Duas jovens universitárias dividem um quarto e um drama: uma delas (Gabita) decidiu realizar um aborto e para isso conta com a ajuda de sua amiga (Otilia). Como a prática era proibida no país, elas têm que recorrer ao submundo da ilegalidade contratando um profissional sórdido que fará o serviço no quarto de um hotel de quinta categoria.
O diálogo travado entre as duas garotas e o aborteiro na suíte é brutal !...
A platéia fica chocada com o rumo que essa conversa toma...
Há outros momentos de tanta tensão na trama que pensei muitas vezes estar vendo um filme de terror.
Nunca o tema do aborto foi mostrado desta forma no cinema.
Mas esse não é o único assunto do filme.
4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias também é um filme sobre a amizade sincera, a profunda cumplicidade que existe entre as mulheres, retratada aqui na figura de Otilia, a amiga que vive horrores para ajudar Gabita a interromper sua gravidez.
Um filmaço de gente grande...


P.S.: ...curioso é que os dois maiores prêmios do cinema mundial, a Palma de Ouro e o Oscar de Filme Estrangeiro, no ano passado foram para filmes que tinham como cenário a vida em países comunistas pré-queda Muro de Berlim.

Veja onde está passando clicando aqui.

3 comentários:

Anônimo disse...

Ainda esta em cartaz??

Aldrin Mazzei disse...

Sim! O filme estreou na última sexta dia 25 de janeiro...aproveite!

O Roteirista Felipe Banks disse...

Olá amigo... Parabéns pelo blog... Tá otimo... Gostei muito mesmo...

abç's